Papo Real

Um blog feito para noivas, esposas e mães reais como eu!

26 de maio de 2014

A difícil tarefa da volta ao trabalho

Olá, meninas!

Quem já é mamãe já passou por isso e quem não é um dia vai passar... Pela difícil decisão de voltar ao trabalho depois da Licença Maternidade. 

Antes do João Pedro nascer eu tinha todo um esquema na minha cabecinha, pedia férias depois da licença depois, tentava um acordo de demissão, assim eu poderia passar os 4 meses de licença + 1 mês de férias + 5 a 6 meses de seguro, assim ele já estaria com mais ou menos uns 11 meses estaria mais "independente" e eu poderia voltar sem peso na consciência ao trabalho! Nada feito!

Depois do nascimento do meu pequeno comecei a mostrar para minha família a minha vontade de fazer isso, mas sempre tinha alguém colocando "cara feia" para mim, outros diziam que com esse tempo longe do mercado eu poderia perder minha colocação, outros que eu não podia deixar meu sonho profissional, o marido não deixava nem eu completar meu raciocínio,"não, e pronto!", fiquei super frustada! Mil coisas passaram na minha cabeça com o fim da licença maternidade... Voltei ao trabalho, mas voltei tão desmotivada, tão "sem querer" que tive que sair da empresa em que eu trabalhava de qualquer forma, até porque, lá eu trabalhava até o sábado e eu não queria mais isso, ok, trabalharia, mas só se fosse até a sexta para ter ao menos o final de semana com meu príncipe. 

Mudei de trabalho, mas minha ideia de ser uma péssima mãe não mudou em nada! Mesmo sabendo que ele está em ótimas "mãos", minha mãe é que fica com ele... Hoje já estou mais conformada, mas vez por outra fico me "martirizando" com essa situação... Sem falar que nas mães que não optaram por voltar ao trabalho ficam "alfinetando" "Vixe, e como você conseguiu voltar ao trabalho, eu jamais conseguiria?" "Nossa, optar pelos nossos filhos é sempre a melhor escolha que fazemos" "Você não se arrepende nunca em optar por seu filho", poxa vida, eu sei disso, mas não dá para me entender também? Já não basta minha cabeça, minhas dúvidas, meus medos, minha tristeza???

Hoje o post foi mais um desabafo... Desculpe!

Pois, é meninas! Foi e está sendo muito difícil... E vocês mamães, como foi com vocês? Voltaram ao trabalho? Ficaram com seu bebê? E as futuras mamães já pensaram nisso?



Foto de dias antes da minha volta ao trabalho!

Vi uma frase que tem tudo a ver com o post de hoje "Trabalhar é uma tortura. Ficar em casa é uma tortura. E outros acham que viver dividida assim é uma frescura. Você é mãe!"



Beijos e até a próxima! :)

22 de maio de 2014

Aniversário!

Olá, meninas!

Depois dos "mensários" vamos falar dos aniversários? Ou melhor do aniversário! Sim, meu príncipe completou 1 aninho no dia 02/03/2014, não queria fazer uma grande festa, mas queria, com certeza fazer uma festinha bem íntima para registrar esse momento maravilhoso, sem falar que eu amo uma festa, né? Não podia deixar passar em branco...
 Depois de pirar minha pobre cabecinha para escolher o tema, escolhi um que é bastante usado por aqui, principalmente em aniversário de um ano, "O pequeno príncipe"! Pois além de considerar meu filho uma realeza, não encontrei nada, digo, nada, por aqui com o tema que eu queria, mas não desisti dele não! Mas enfim, foi uma festa pequena, mas preparada com muito carinho para esse meu amor em forma de gente!

Deixo vocês com as fotinhas...














E aí meninas, o que acharam? Eu amei o resultado final!

Beijos e até a próxima! :)

28 de março de 2014

Mensários

Olá, meninas!

Depois de falar um pouco sobre "nosso sufoco", vamos começar a falar de coisas boas e divertidas???

Pois bem... Como já falei o João Pedro está atualmente com 1 ano! Mas hoje não é mais necessário esperar um ano inteirinho para comemorar a vida e presença do seu bebê, as mamães que adoram um motivo para festejarem, agora terão 11 bons motivos! Sim, é o chamado mensários! A comemoração de mês a mês do bebê... Confesso que não fiz nenhum para João Pedro (não com festas, mas comemorei com fotos) ,apesar de amar festas, porém, acho super válido, porque além da festinha, terá também o acompanhamento da evolução do seu bebê e um motivo a mais para reunir a família, não é o máximo? E vocês mamães e futuras mamães, o que acham? Fizeram ou vão fazer mensários para seus filhotes?

E agora, a evolução do meu pequeno... Como não tenho as fotos "oficiais" aqui, vão algumas tiradas por mim! Hehehe... Que me acompanha no face sabe que adoro fotografar meu baby! :)

1 mês

2 meses

3 meses

4 meses

5 meses

6 meses

7 meses

8 meses

9 meses

10 meses


Beijos e até mais! :)

Imagens: Arquivo Pessoal. Proibida Reprodução!


19 de março de 2014

Pós Parto!

Olá, meninas!

Como é bom voltar e sentir o carinho de vocês novamente! Obrigada! 

Agora, voltando aos relatos do nascimento do meu príncipe... Bem, depois do parto, voltei a UTI, mas me informaram que foi por falta de leito na ala de alto risco, assim que surgiu essa vaga, sai, ou melhor saímos, eu e João Pedro! Como acompanhante estava minha melhor amiga, minha mãe! Quando eu imaginei que estava tudo bem comigo e que tudo tinha voltado ao normal eis que surge a notícia... Minha pressão continuava alta, chegando a picos de 200 mmHg por 100 mmHg!!! Resultado? Mais alguns dias internada! Com meu filho estava tudo bem, apesar de ter nascido com 36 semanas, não precisou de nenhum cuidado especial, mas exames diários constataram que a glicose dele estava muito baixa (Hipoglicemia!) -me informaram que era comum a glicose de prematuros cair rapidamente - Tratamento? Leite materno a cada 2 horas mesmo sem a "vontade" dele e para repor mais rapidamente a glicose ele tomou soro glicosado... 



Uma semana depois minha pressão começa a normalizar com ajuda de remédios e João Pedro tinha normalizado sua glicose também! Então? Finalmente, ALTA!!!! Perguntamos à pediatra se poderíamos voltar para Mossoró (a duração da viagem seria de mais ou menos 4 horas!), e ela liberou! Então fomos alegre sorridentes e gratos a Deus por termos vencido esses dias de muita luta e apreensão! Algumas paradas no meio do caminho para amamentar João Pedro, trocá-lo... Foi uma das viagens mais longas devido às paradas, mas uma das mais felizes! 

Saída da Maternidade
Então é isso meninas! Fiz um resumão desse período um pouco complicado tanto para mim quanto para João Pedro e toda família! Não entrei em detalhes de várias outras dificuldade que tivemos, por não sermos de Natal (apesar de termos sido muito bem acolhidos por familiares!), por meu pai ter que ficar em Natal faltando todos esses dias de trabalho (A diretora do colégio até ligou para ele, perguntando se ele estava de brincadeira com ela, nós queríamos que tivesse sido brincadeira, queríamos que aqueles dias fosse mesmo só para descansarmos e curtir João Pedro!), das fortíssimas dores de cabeça que tive (Chegaram a me dar calmantes para eu poder dormir!), da minha mãe passar todos esses dias "dormindo" em uma cadeira, cuidando de mim e de João Pedro, da dificuldade que João Pedro tinha em "pegar" o peito e eu ter que fazer a "ordenha" mesmo estando com muita dor de cabeça... Enfim, dificuldades não nos faltaram, mas Deus estava presente em todas a horas nos dando o sustento necessário e nos 'dizendo' que nossa alegria seria muito maior que aquela dificuldade que estávamos passado! E foi! Nossos dias hoje são de pura alegria e paz com a presença desse filho maravilhoso!

 Então, depois volto aqui para contá-lhes sobre nossos primeiros dias em casa e nossas alegrias diárias!

Beijos e até mais! :)

Imagens: Arquivo Pessoal! Proibida Reprodução!

17 de março de 2014

Nascimento do meu príncipe e de uma mãe...

Olá, meninas!

Segundona fria por aqui e como prometido, voltei!!! Gostaria de compartilhar com vocês o momento do nascimento do meu príncipe...

Então, como falado no post anterior no "finalzinho" na gravidez comecei a ter problemas com pressão e toda semana eu tinha acompanhamento com a obstetra e era medicada diariamente, porém, mais ou menos na 30ª semana as crises de pressão foram piorando e quase todos os dias além da medicação eu ia também ao hospital, chegando ao ponto que na 35ª semana a medicação não estava mais fazendo efeito e tive que ser encaminhada às pressas à capital, já que a minha queridíssima cidade não dispunha, na época de UTI neonatal nem de equipamentos necessários para "suportar" a gravidade do meu problema (absurdo, eu sei!), enfim, fui, era madrugada da quarta (26/02/2013) para quinta (27/02/2013) chegando lá mais um problema, agora com o plano de saúde, alegando que eu estava em período de carência para questão de parto e se eu quisesse realizar meu parto teria que ser pago à vista e à dinheiro, nada de cheques cartão ou algo parecido, dinheiro na frente e cirurgia depois, além de arcar com todas as despesas necessárias para a realização de tal procedimento, como provavelmente eu e meu filho precisaríamos de UTI, a diária estaria em torno de R$ 2.000,00 e mesmo que quiséssemos pagar os meses que faltaria para completar a carência, que era apenas um mês, não aceitariam! Vocês entenderam? Minha carência para parto era de 10 meses, já tinha passado 9 meses e faltava apenas 1 para o fim da carência e não pudemos fazer nada! (Mais um absurdo, eu sei!)... Eis que surge um anjo de Deus na nossa vida e nos aconselha a não realizarmos o parto lá, pois como enfermeira chefe do hospital ela já tinha visto muita gente, de muitas condições financeiras "quebrar" por conta dos altos custos de uma UTI, e sugeriu um hospital público da cidade, e que se a família permitisse ela mesma "arrumaria" uma vaga na UTI para mim, e assim foi feito! Na quinta-feira a tarde fui transferida para tal hospital, que na realidade era um hospital escola (foi minha salvação!), chegando fui direto para UTI, onde a partir de então tive uma assistência médica sem igual, muito melhor do que tive no particular... E no dia 02/03/2013 às 14:30h fui encaminhada para o centro cirúrgico para a realização do meu parto e por volta das 15:15h nasce o meu príncipe! Pesando 2,245kg e medindo 43 cm... A primeira coisa que disse quando o vi? "Como é pequenino!"...rsrsrs... Sim, era um lindo e pequenino bebê! Tão calminho... Meu amor!Minha força! Minha vida!

Ah, gente depois disso ainda aconteceram mais algumas "coisinhas", mas falar no meu filho me deixa tão feliz, tão encantada, que não consigo mais falar de outra coisa a não ser nele... Então, depois continuo essa história, hoje vou deixá-las com as primeiras fotos dele...









Lindo, né gente???? Também acho! rsrsrs...


Então é isso meninas, uma ótima semana à todas vocês!

Beijos e até a próxima! :)

Imagens: Arquivo pessoal, proibida reprodução!

13 de março de 2014

1 Ano e 3 meses depois...

Olá, meninas!

1 ano e 3 meses depois, cá estou eu de volta (todos aplaudem! \o/ hêêê...)!!!! Decidi voltar a escrever nesse 'cantinho' por vários motivos, dentre eles: Por amar ler sobre assuntos de 'mulherzinha' (casamentos, filhos, maquiagem, cabelos...) e é claro dar minha humilde opinião! E para essa minha volta triunfal mudei tudo por aqui, o nome do blog que agora será PAPO REAL (pois falarei minhas experiências vividas para as minhas amigas princesas!Entenderam o duplo sentido? rsrsrs), a carinha do blog mais clean, tudo isso para essa nova fase que estou vivendo, gostaram? Diz que sim, diz que sim, siiiimmm???? rs’

Estava com uma saudade enorme desse cantinho, passava em alguns blogs queridos para ler, mas não comentava e isso me deixava um pouco triste, pois qual blogueira não gosta que leiam seus posts e deixe um comentário carinhoso? Eu amo e tenho certeza que com vocês não é diferente.

Então, vendo que muitas noivinhas da minha época (falo assim como se fosse há anos) 2011/2013, atualmente são mamães, gravidinhas ou aspirantes/tentantes, me empolguei de novo a falar dessa fase maravilhosa que toda mulher também sonha um dia... "Encontrar um príncipe encantado, casar, ter filhos e viver felizes para sempre..." ♥ Quem nunca?

Como falei no meu último post há mais de um ano, engravidei na lua de mel, (hoje meu baby está com 1 aninho, mas isso é assunto para os próximos posts), e minha gravidez foi bem tranquila até o 7º mês até que comecei a sofrer de um problema que é bastante comum hoje em dia entre as gravidinhas, a pressão alta! Na época nem eu sabia do risco que eu e o meu bebê corríamos...

Enfim, meu bebê nasceu de 36 semanas, mas muito saudável! Graças a Deus! E no dia 2 março de 2014 completou seu 1º aninho, e que benção de filho, gente! Depois conto mais detalhes do finalzinho da minha gravidez e sobre o nascimento do meu príncipe e as alegrias diárias...

Hoje vou deixar vocês com as fotos da minha gravidez...
















Então é isso meninas, voltarei em breve para batermos mais um papo! 

Beijos :)

14 de dezembro de 2012

E a Lua de Mel... Açucarou!

Olá, meninas!

Alguém aqui já escutou esse ditado? Não???? Então vou explicar...

Assim...

Sei lá...

Não sei explicar! rsrsrs...

Só tenho a dizer que engravidei! Assim rapidim, sem planejar nem nada!Pareço até uma adolescente inconsequente, né? Mas não (ao menos eu acho que não!), a junção de lua de mel + esquecer os comprimidos + não usar camisinha = MENINO!rsrss... Logo eu que falava que só queria engravidar depois de 5 anos de casada, terminar a faculdade e todas essas conversas bonitas...

No início o choque, não queria que ninguém soubesse, mas o maridón fez o favor de simplesmente publicar no face, pode um negócio desses??? Logo depois um turbilhão de sentimentos, enquanto muitas pessoas perdiam seu tempo fazendo continhas nos dedos para ver se eu tinha casado grávida, me fazendo perguntas indelicadas, comentários que sinceramente não queria ter escutado NUNCAAA, mas a vida nem tudo são flores, né? rs... Não sei se esse fase inicial foi culpa de hipersensibilidade, mas não curti muito não! rs
déia de ser mãe! Até então nem um dia sequer de enjôos (coisa boa, né?)
Completado os dois meses de gravidez, a ficha começa a cair e eu me acostumo com a ideia e ver aquela coisinha pela primeira (ultrasom) vez se mexendo dentro de você é uma sensação inexplicável... Muita emoção, por mim viria todos os dias! rs
2 meses! E mexia muitooo! xD
Os dias vão passando suas roupas começam a não servir mais e eis a buxudinha surgindo! rs

4 meses!
5 meses!

E a descoberta... É MENINO!!! Deixa a família super feliz! 1º neto, 1º bisneto, 1º sobrinho... É só alegria e expectativa na tão esperada chegada de João Pedro!



Que Deus possa trazê-lo que muita saúde e paz...


Então é isso meninas, essa é a minha mais nova fase da vida! E alguma recém casada gravidinha também?


Beijos e até! :)